cartão

Assinatura:

ASSINAR ENTRAR
ASSINE

Gazeta recomenda

Após briga na Justiça, Garotos Podres voltam a se apresentar com o nome original

Mitológica banda de punk rock nacional volta a usar seu nome em show neste sábado (14) em Curitiba

  • Sandro Moser
  • 11/10/2017
  • 17:25
Após briga na Justiça, Garotos Podres voltam a se apresentar com o nome original Lenda do punk rock, Mao volta a usar nome Garotos Podres em show em Curitiba. Foto: Divulgação.

Após um período de cinco anos de polêmica quanto ao uso do nome Garotos Podres - a marca mais forte do punk rock político nacional - o compositor, cantor e lenda do punk rock Mao voltará a usar o nome Garotos Podres em um show em Curitiba, neste sábado (14), durante a 17ª Punktoberfest.

Os Garotos Podres vão mostrar clássicos como Rock de Subúrbio, Oi, Tudo Bem? , Papai Noel e tantas outras. Mao é um personagem singular do punk, mantendo em paralelo com a banda a atividade de professor universitário de história.

A festa punk também terá um novo show do No Milk Today, uma das formações mais longevas (são 24 anos) e importantes do punk rock local. Este será o último (ou um dos últimos) show antes do início da comemoração dos 25 anos em 2018, quando vai acontecer o festival No Milk Fest. O guitarrista Rodrigo Minduin explica que a banda deve fazer um show curto, só com as musicas principais para não respeitar o público que deve estar ansioso pela reapresentação da atração principal da noite.

“Todo mundo que ver os Garotos Podres e nós também, são nossos professores. Com 13 anos aprendi a tocar curtindo eles. O Mao é um cara que nos inspirou. Imagine que no meio dos punks tinha um cara que era formado e dava aula em uma Universidade. Ele foi até álibi para minha família aceitar o punk rock dentro do lar”, disse.

Completam a escalação do festival, os catarinenses do Sin Rejas e a Rádio Cadáver, a banda de Horror Punk, formada em Curitiba no ano de 2007.

Nome da banda virou briga na Justiça

A banda Garotos Podres surgiu no início da década de 1980, na cidade de Mauá, no ABC paulista. Desde o princípio, foi uma das bandas que mais se posicionou politicamente seja na resistência contra a Ditadura ou defesa dos direitos trabalhistas chegando a gravar algumas músicas como “A Internacional”, “Aos Fuzilados da CSN”, entre outras.

Em 2012, a banda sofreu cisão por questões de relacionamento, trabalho e divergências políticas. O líder, Mao e o guitarrista Cacá Saffiotti se desentenderam com os outros componentes da banda, o baixista Michel Stamatopoulos e o baterista Leandro Ciorra, conhecidos como Sukata e Caverna no meio punk.

O nome Garotos Podres virou alvo de uma disputa judicial. Mao seguiu se apresentado e gravando com o nome Dr. Mao e os Espiões Secretos. Este show em Curitiba será o segundo em que ele retoma o nome da banda da qual é o fundador, único remanescente da formação original e o principal compositor.

LEIA TAMBÉM

>>> Visita guiada ao Cemitério Municipal de Curitiba é uma aula de arquitetura e história

>>> De shows a peças: mais de 10 atividades em Curitiba para fazer com as crianças

>>> Qual balada de Curitiba combina mais com o seu signo

Tags

Deixe sua opinião

Mais lidas do Guia

Quem tem

tem descontos

Garanta já seu desconto