Gazeta recomenda

5 razões para não perder o show de Ozzy Osbourne

Maior estrela dos últimos 50 anos do rock pesado mundial, o Madman faz provável último show em Curitiba

  • Sandro Moser
  • 15/05/2018
  • 09:16
5 razões para não perder o show de Ozzy Osbourne Venham para Ozzy!!!! Razões para não perder o show do mito do rock pesado. Foto: divulgação.

Em abril de 1968, aos 20 anos, depois de trabalhar como açougueiro e afinador de buzinas e passar uma temporada na cadeia, John Michael Osbourne colocou o seguinte anuncio na seção de classificados de um jornal de Birmingham, sua cidade natal na Inglaterra:

“OZZY ZIG. VOCALISTA. PROCURA BANDA. POSSUI EQUIPAMENTO PRÓPRIO”.

O anúncio deu resultado. Nos dias seguintes, ele e mais uns sujeitos formaram o embrião do que seria o Black Sabbath, a banda que mudou a história do rock pesado, gênero no qual Ozzy Osbourne passou a ser o mais importante personagem.

Leia Também

Veja como será a última noite com Ozzy em Curitiba

Ozzy vem aí: testre seus conhecimentos sobre a vida do cantor

50 anos (e dois meses depois) Ozzy volta à Curitiba pela terceira vez – veio sozinho em 2013 e com o Black Sabbath em 2015 veja como foram os dos shows aqui e aqui – nesta quarta-feira Na Pedreira Paulo Leminski.

Deve ser o derradeiro show de Ozzy Osbourne na cidade, parte de sua última grande turnê mundial. Se o músico um dia voltar ao Brasil será para participar ou trazer seu festival para cá, mas hoje é improvável que ele volte à Curitiba. Seria motivo suficiente para não perder o show do príncipe das trevas aqui, mas o Guia da Gazeta do Povo + Clube elencou ainda outras quatro:

Set list privilegia clássicos de Ozzy e Sabbath

Ozzy começou por São Paulo no último domingo a perna brasileira de sua última turnê mundial. Como era de se esperar o set list foi uma seleção de clássicos de todas as fases de sua carreira desde o Black Sabbath (Paranoid, War Pigs, Faires Wear Boots) e seus hits da carreira solo como Crazy Train. Bark at the Moon e No More Tears.

Provável Setlist:

1. Bark at the Moon
2. Mr. Crowley
3. I Don’t Know
4. Fairies Wear Boots (Black Sabbath)
5. Suicide Solution
6. No More Tears
7. Road to Nowhere
8. War Pigs (Black Sabbath)
9. Miracle Man / Crazy Babies / Desire / Perry Mason
10. Flying High Again
11. Shot in the Dark
12. I Don’t Want to Change the World
13. Crazy Train

Bis:
14. Mama, I’m Coming Home
15. Paranoid (Black Sabbath)

Shows de Ozzy em Curitiba foram memoráveis

A estrutura do show é muito parecida com a do show que Ozzy já fez na Pedreira em 2013. O que é muito bom, pois  o primeiro show do madman em Curitiba foi memorável na energia e performance. Só superados pelo show antológico do Black Sabbath dois anos depois. Na quarta-feira (16) Ozzy deve repetir a dose.  

Ozzy é o grande frontman do rock pesado

Fãs de rock pesado – Ozzy já disse em entrevista a Gazeta que o odeia o termo heavy metal – podem ter suas preferências sobre quem é o melhor vocalista do gênero. Mas pouca gente discorda que o ‘principe das trevas’ é a grande personalidade, a grande figura desta dinastia. Vê-lo ao vivo no quintal de casa é impagável.

Banda excelente tem a presença de Zack Wylde

Ozzy sempre teve um dedo mágico para se associar a grandes guitarristas. Primeiro com Tony Iommi, com quem inventou o metal nos começo dos anos 1970. Com Randy Rhoads, redefiniu o gênero nos anos 1980 e com Zakk Wylde reinventou a própria carreira nos anos 1990. Depois de uma longa sepração de quase dez anos, Wylde e Osbourne estão de novo juntos nesta turnê, ao lado de uma grande banda que inclui Blasko no baixo, Tom Clufetos na bateria e Adam Wakeman nos teclados. Um atrativo especial – como se precisasse – para os fãs do madman.

Tags

8 recomendações para você

Deixe sua opinião

Mais lidas do Guia

Quem tem

tem descontos

Garanta já seu desconto