Gazeta recomenda

Maior congresso de ufologia do Brasil traz a Curitiba estrela do History Channel

Apresentador da série Alienígenas do Passado integra a programação do International UFO Summit Brazil, que chega a Curitiba

  • Da redação
  • 05/12/2018
  • 08:00
Maior congresso de ufologia do Brasil traz a Curitiba estrela do History Channel Giorgio Tsoukalos é uma das maiores autoridades em vida extraterrestre do mundo. Foto: divulgação

O maior evento da história da ufologia brasileira está para acontecer. O International UFO Summit Brazil chega a Curitiba neste sábado (8) com uma programação de peso. O evento acontece na Expo Unimed e tem ingressos a partir de R$ 150 que podem ser garantidos na hora.

>>> James Bar comemora 20 anos com festa de 16 horas

Uma das estrelas do congresso é Giorgio Tsoukalos, apresentador da série Alienígenas do Passado, do History Channel. O programa já está na sua 13ª temporada nos Estados Unidos e 8ª no Brasil, e tem um público estimado em 65 milhões de espectadores. 

Além dele, o cientista Erich von Däniken (foto abaixo) também estará presente. Däniken lançou, na década de 1960, o best-seller “Eram os Deuses Astronautas”. O livro, traduzido para diversos idiomas, discute argumentos que mostram por que a história da humanidade estaria errada desde o princípio.

“Entre eles, estão incontáveis monumentos erguidos em todo o planeta com tecnologias e ferramentas que nossos ancestrais não tinham, a exemplo das pirâmides, que não se restringem ao Egito, mas estão em todos os continentes e até mesmo na Amazônia”, afirma Däniken. Aos 84 anos, ele nunca deixa de viajar, buscando visitar lugares remotos do planeta em busca de rastros do que chama de “antigos astronautas” — o que a sociedade chamaria, erroneamente, de “deuses”.

Um dos exemplos é a cidade paquistanesa Mohenjo Daro (foto abaixo), da antiga Civilização do Vale do Indo, que é onde nasceu a civilização indiana. O local é um sítio arqueológico existente há mais de quatro mil anos, mas descoberto apenas em 1922 por arqueólogos. Ele integra a lista de grandes enigmas da Antiguidade.

44 esqueletos foram encontrados nas ruínas de Mohenjo Daro com traços de carbonização datando entre 1.900 e 1.500 anos a.C. Várias ossadas estavam de bruços e segurando as mãos uns dos outros. “A única causa possível para a morte desses habitantes, que coincide com exames feitos nas antigas construções, seria uma explosão nuclear, mas tal forma de armamento foi desenvolvido apenas há pouco mais de 70 anos, durante a Segunda Guerra Mundial”, afirma Tsoukalos. Mohenjo Daro seria uma das várias cidades do planeta que se acredita que tiveram o mesmo fim, como Gobekli Tepe, no sudeste da Turquia.

Essas serão algumas das pautas levantadas pelos pesquisadores no evento. Quem apresenta a palestra é o editor da Revista UFO, A. J. Gevaerd, editor da Revista UFO.

Tags

8 recomendações para você

Deixe sua opinião

Mais lidas do Guia

Quem tem

tem descontos

Garanta já seu desconto