Gazeta recomenda

Três grandes estreias chegam aos cinemas em Curitiba no dia 15

Quinta-feira (15) é um dia importante para o cinema com a estreia de três dos filmes mais esperados do ano

  • Da redação
  • 13/02/2018
  • 20:30
Três grandes estreias chegam aos cinemas em Curitiba no dia 15 O aguardado Pantera Negra, com Chadwick Boseman e Lupita Nyong'o, é uma das estreias da semana. Foto: Divulgação/Marvel Studios.

Três filmes muito esperados (e com potencial para arrasar nas bilheterias!) estreiam nos cinemas da cidade na quinta-feira (15). Dentro do universo de super-heróis, personagens de videogames e sucessos literários, o ano promete novidades interessantes. Uma delas é Pantera Negra, com estreia mundial este mês. O filme estrelado pelo super-herói da Marvel destaca protagonistas negros, algo raro no gênero, e se mostra um provável sucesso - bateu nos EUA o recorde de pré-venda de ingressos que era de Batman vs Superman.

Pantera Negra

Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby (Woody Harrelson), responsável pela investigação. No Oscar, é indicado para vários prêmios como o de melhor filme, melhor atriz, melhor ator coadjuvante (com Sam Rockwell e Woody Harrleson), melhor trilha sonora original, melhor roteiro original e melhor montagem. 

Três Anúncios Para um Crime

Outro filme que concorre ao Oscar de melhor filme é Lady Bird. Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, no entanto, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora. O longa ainda concorre a outros prêmios como melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor diretor e melhor roteiro original. 

Lady Bird — A Hora de Voar

Tags

8 recomendações para você

Deixe sua opinião

Mais lidas do Guia

Quem tem

tem descontos

Garanta já seu desconto