Dona Carmelita, uma senhora de 94 anos querida por todos, morre em Bacurau, um pequeno povoado do sertão brasileiro. Alguns dias depois, moradores descobrem que o local não é mais encontrado nos mapas.