A sala de exibição tem a tela de 8 x 3,4 m, com projeção digital e analógica (35 mm). Não tem projeção 3D. As poltronas são de couro, acolchoadas e não reclináveis. Os braços são fixos. O Cine Guarani faz parte do Portão Cultural, antigo Centro Cultural Portão, e é um cinema de bairro recuperado, exibindo filmes selecionados pela Cinemateca de Curitiba e que atendem a todas as faixas etárias. Foi inaugurado em outubro de 1988 com a exibição do filme "Eternamente Pagu" e presença da diretora Norma Bengell. A sala funcionou até 2005, quando foi fechada para reforma. O cinema reabriu em junho de 2012 e tem capacidade para 165 pessoas. Sessões fixas às 16h e 19 horas.

Preços

R$ 12