Bares
Publicidade

Club Vibe

Serviço

Especialidade: Balada, Taxa de entrada/Couvert

Telefone: (41) 3093-9911

Site: www.clubvibe.com.br

E-mail: contato@clubvibe.com.br

Horário de funcionamento: 
Sexta e sábado: 23h até o último cliente
Quarta e quintas: excepcionalmente, quando há programação especial

Formas de pagamento: Aceita dinheiro. Não aceita cheque. Aceita cartões de crédito American Express, Diners, MasterCard e Visa. Aceita débito automático MasterCard Maestro, Redeshop e Visa Electron. Não aceita vale refeição

Descrição: O Club Vibe foi inaugurado em 2001 e rapidamente se tornou referência em música eletrônica. O ambiente é intimista, com pista de dança e cabine de som próximos, a fim de favorecer a relação entre público e artista.

Última atualização: 27/11/2015
Horários, preços e formas de pagamento estão sujeitos a alteração sem aviso prévio

Localização

Endereço: R. Desembargador Motta, 2311, Batel, Curitiba, CEP: 80420190

    • SELECIONADO PELO EDITOR
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      • Luíza Gomes | 02/07/2013 | 20h42

        Sobre a estrutura, a iluminação e o som são ótimos, mas o espaço é muito pequeno. Os preços são altíssimos, tanto na entrada quanto para consumação em geral. O atendimento é desastroso! Fui uma única vez, e logo após ter entrado eu e minhas amigas fomos coagidas pela promoter e por um homem que se disse dono do local simplesmente por estar bloqueando a passagem dela - sem querer, o local é minúsculo! Um absurdo! Não recomendo.
      • Mateus Schineder | 03/04/2013 | 08h08

        Concordo plenamente com o comentário de Marcos Geizza. Os 10% e a má educação dos funcionários realmente são um problema.
      • Marcos Geizza | 30/08/2012 | 17h53

        O club sempre traz a melhor galera do underground (nu disco e deep house, sobretudo) e tem uma ambiência muito legal. Infelizmente, há alguns notáveis pontos negativos: o sound system fica devendo em potência em relação a clubs de alto nível, inclusive os de Curitiba; os preços são altos, e costumam cobrar acachapantes 10% de serviço na saída (!!!); as promoters costumam ser secas e pouco amistosas, seja na entrada do club, seja por telefone, seja pra reservar uma mesa... Ter um staff menos nariz empinado, parar de cobrar esses 10% ridículos e dar um tapa na potência colocariam esse club, sem dúvida, entre os melhores do mundo pra dance music underground. No atual contexto, é uma boa balada pra ir de vez em quando.
      Publicidade